Sites Grátis no Comunidades.net
Crie seu próprio Site Grátis! Templates em HTML5 e Flash, Galerias em 2D e 3D, Widgets, Publicação do Site e muito mais!

Esperança com Deus.



Total de visitas: 59658
“Confiando em Deus diante da oposição”, Salmo 3 (4a. Mens. - Série Salmos)

“Confiando em Deus diante da oposição”
Salmo 3

Mensagem: Diante da oposição injusta busque a Deus, aja segundo os princípios bíblicos e espere n’Ele a vitória sobre os adversários.

Esboço:
Introdução
1ª mensagem – Salmo 1 – estudo ministrado por mim...
2ª mensagem – Salmo 145 – estudo ministrado pelo Gerson Barros...
Na 3ª mensagem – Salmo 2 – vimos que “Felizes são as nações, os governantes e todos aqueles que voluntariamente se submetem a Deus e vivem debaixo dos padrões divinos”.

O Salmo 3 é da autoria do rei Davi, e é um Salmo de lamento individual...
Davi estava fugindo de Absalão, seu filho... (cf. 2 Sm. 15-18). Absalão se rebelou, e comandou a perseguição contra Davi, seu pai (2 Sm. 15.12-14). É nesse contexto que Davi escreve este Salmo...

Por vezes nós temos opositores, pessoas que motivadas pelas mais diversas razões, se levantam contra nós (no caso de Davi havia em disputada o trono real).

Quando estudamos a vida de Jesus Cristo, nos Evangelhos, verificamos que Ele enfrentou oposição dos seus irmãos, dos líderes religiosos, da nação de Israel, do Diabo, e de outros inimigos.

A oposição é ativa e acusadora – e se levanta contra você e Deus.

A oposição pode surgir no contexto familiar, eclesiástico, profissional, acadêmico, comunitário etc. E ela pode surgir mais diversas razões, até por exemplo, por causa da prática do bem e da fé em Cristo Jesus.
2 Tm. 3.12 “De fato, todos os que desejam viver piedosamente em Cristo Jesus serão perseguidos”.
Mt. 5. 11, 12 "Bem-aventurados serão vocês quando, por minha causa, os insultarem, os perseguirem e levantarem todo tipo de calúnia contra vocês. Alegrem-se e regozijem-se, porque grande é a sua recompensa nos céus, pois da mesma forma perseguiram os profetas que viveram antes de vocês”.

Mas o apóstolo Pedro alerta de que não há motivo de glória quando a oposição surge por causa da prática do mal.
1 Pe. 2.19-23 “Porque é louvável que, por motivo de sua consciência para com Deus, alguém suporte aflições sofrendo injustamente. Pois, que vantagem há em suportar açoites recebidos por terem cometido o mal? Mas se vocês suportam o sofrimento por terem feito o bem, isso é louvável diante de Deus. Para isso vocês foram chamados, pois também Cristo sofreu no lugar de vocês, deixando-lhes exemplo, para que sigam os seus passos. "Ele não cometeu pecado algum, e nenhum engano foi encontrado em sua boca." "Quando insultado, não revidava; quando sofria, não fazia ameaças, mas entregava-se àquele que julga com justiça."

A luz do Salmo 3, como deve reagir aquele que confia em Deus, quando as pessoas injustamente se levantam contra ele?


I. Conte a Deus as suas lutas, vv. 1,2.
“ SENHOR, muitos são os meus adversários! Muitos se rebelam contra mim! São muitos os que dizem a meu respeito: "Deus nunca o salvará!" (3. 1,2).
Davi contou a Deus as suas lutas...

Por vezes temos a tendência de contar aos outros os nossos problemas e as nossas lutas, mas não contamos a Deus.

Em 1 Pe. 2 lemos que Jesus diante da oposição e das lutas, Ele “entregava-se àquele que julga com justiça”.

O texto de Fp. 4.6,7 nos exorta: “Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o coração e a mente de vocês em Cristo Jesus”.

Conte a Deus, fale com Ele em oração acerca das suas lutas, dos seus adversários... E não se levante injustamente contra alguém, e nem se rebele...


II. Ponha a sua confiança em Deus, vv. 3-6.
"Mas tu, SENHOR, és o escudo que me protege; és a minha glória e me fazes andar de cabeça erguida." Ao SENHOR clamo em alta voz, e do seu santo monte ele me responde. Eu me deito e durmo, e torno a acordar, porque é o SENHOR que me sustém. Não me assustam os milhares que me cercam. (3.3-6)
Davi confiou em Deus...

Coloque a sua confiança em Deus... Ore... Clame a Deus na certeza de que Ele te responderá.
Deus é quem te:
• Protegerá (“escudo”);

• e honrará (“andar de cabeça erguida”).

Hb. 13.6 “Podemos, pois, dizer com confiança: "O Senhor é o meu ajudador, não temerei. O que me podem fazer os homens?"

Quando confiamos em Deus podemos:
• Dormir tranqüilos (“eu me deito e durmo”);

• Ter a esperança do amanhã (“torno a acordar, porque é o Senhor que me sustém”).

Em meio à oposição ponha a sua confiança em Deus. Ore, aja segundo os princípios bíblicos (não faça nada do seu jeito), e espere em Deus – relembre o exemplo de Cristo - "Quando insultado, não revidava; quando sofria, não fazia ameaças, mas entregava-se àquele que julga com justiça."


III. Celebre a vitória e a benção, vv. 7-8.
"Levanta-te, SENHOR! Salva-me, Deus meu! Quebra o queixo de todos os meus inimigos; arrebenta os dentes dos ímpios." Do SENHOR vem o livramento. A tua bênção está sobre o teu povo. (3.7,8).
Davi convoca o Senhor dos Exércitos... A batalha é d’Ele e não do Rei – “Levanta-te, Senhor!”.

Hoje é muito comum vermos pessoas que sem motivos justos (não por causa de pecado e nem de falsas doutrinas) se levantam em oposição e acusação contra líderes... Mas, na verdade estão se levantando contra o Senhor.

Coloque Deus na batalha:
• Ele salva (“Salva-me, Deus meu!”; “Do Senhor vem o livramento”);

• Ele derrota os opositores (“Quebra o queixo...”);

• Ele abençoa (“A tua benção está sobre o teu povo”) – o favor, a benção divina vai além da saúde, da prosperidade etc., a benção d’Ele inclui a salvação eterna, a paz interior, a satisfação, relacionamentos sadios e construtivos etc. Ele abençoa no contexto familiar, eclesiástico, profissional, academio e comunitário.

Alguns textos para reflexão:
Sl. 65.4 “Como são felizes aqueles que escolhes e trazes a ti, para viverem nos teus átrios! Transbordamos de bênçãos da tua casa, do teu santo templo!”
Sl. 29.11 "O SENHOR dá força ao seu povo; o SENHOR dá a seu povo a bênção da paz."
Sl. 24.5 “Ele receberá bênçãos do SENHOR, e Deus, o seu Salvador lhe fará justiça”.
Rm. 15.29 “Sei que, quando for visitá-los, irei na plenitude da bênção de Cristo”.
Gl. 3. 14 “Isso para que em Cristo Jesus a bênção de Abraão chegasse também aos gentios, para que recebêssemos a promessa do Espírito mediante a fé”.
Ef. 1.3 “ Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nas regiões celestiais em Cristo”.
Hb. 6.7 “Pois a terra, que absorve a chuva que cai freqüentemente, e dá colheita proveitosa àqueles que a cultivam, recebe a bênção de Deus”.
1 Pe. 3.9 "Não retribuam mal com mal, nem insulto com insulto; ao contrário, bendigam; pois para isso vocês foram chamados, para receberem bênção por herança."


Conclusão
Não aja com rebelião como fez Absalão... Pois como disse Gamalie, ao se levantar contra alguém você corre o perigo de estar se rebelando e se levantando contra o próprio Deus...
At. 5.35-39 “Então lhes disse: "Israelitas, considerem cuidadosamente o que pretendem fazer a esses homens. Há algum tempo, apareceu Teudas, reivindicando ser alguém, e cerca de quatrocentos homens se juntaram a ele. Ele foi morto, todos os seus seguidores se dispersaram e acabaram em nada. Depois dele, nos dias do recenseamento, apareceu Judas, o galileu, que liderou um grupo em rebelião. Ele também foi morto, e todos os seus seguidores foram dispersos. "Portanto, neste caso eu os aconselho: deixem esses homens em paz e soltem-nos. Se o propósito ou atividade deles for de origem humana, fracassará;" se proceder de Deus, vocês não serão capazes de impedi-los, pois se acharão lutando contra Deus".

No caso de oposição injusta faça como Davi – conte a Deus, ponha a Sua confiança n’Ele e celebre a vitória e a benção divina.

Diante da oposição injusta busque a Deus, aja segundo os princípios bíblicos e espere n’Ele a vitória sobre os adversários.

Lembre-se:
A sua responsabilidade, debaixo da graça e capacitação divina, é a de perseverante e confiantemente aplicar os princípios e as verdades divinas que tens ouvido (Fp. 2.12,13; 1 Tm. 4.7-9; Tg. 1.22-27). Ao meditar nesta mensagem, pergunte-se:
• O que Deus quer transformar no meu modo de pensar e agir?
• Como eu posso colocar isto em prática na minha vida?
• Qual o primeiro passo que darei nessa direção (para que haja real transformação em minha vida)?

Conheça... Creia... Aproprie-se...E, pratique a verdade divina para que experimentes a vida plena que há em Jesus Cristo (Jo. 10.10).



Pr. Domingos Mendes Alves
Criar um Site Grátis   |   Crear una Página Web Gratis   |   Create a Free Website Denunciar  |  Publicidade  |  Sites Grátis no Comunidades.net